quinta-feira , 14 dezembro 2017
Home / Bruxaria /

Vodu, Santo, Orixa, Loa… Bruxas, Deuses… evolução espiritual… 

Vodu, Santo, Orixa, Loa… Bruxas, Deuses… evolução espiritual… 

Veve de Ogoun… Veve – simbolo do Loa…

Vamos conversar sobre espiritualidade, culturalidade, e a unidade de todas as coisas…

Existem certos conceitos que transcendem o tangível, é quando passamos a ver e olhar o mundo, com um outro sentido – um sexto ou sétimo sentido, algo que nunca foi comprado pelo homem, mas que sabemos que temos por sentir com todos os 5 sentidos, um algo a mais…

Quando nos colocamos a disposição do que chamamos e acreditamos ser “superior a nós”, uma força, que assim como o sexto sentido ou sétimo, também não pode ser explicado – e essa força, nos pega e faz com que “algum plano” espiritual passe a ser desenrolado, e nós confiamos nela, acreditamos nela, que tudo ficará bem e dará certo… isso é espiritualidade.

O mais bonito da espiritualidade é isso, acreditar e confiar em algo que não se pode ver, apenas sentir, como o vento que passa por nós… e deixar que ela tome decisão e cuide de nós, confiar, é confiar!

Culturalidade é como a roda em que se encontra todos nós, e também é como essa força superior se expressa – somos pessoas muito pequenas, muito primitivas, não sabemos ler, interpretar, ou entender tudo o que esse “ser superior tem para mostrar ou dizer” mas ela que nós mostrar algo, quer nos dizer algo, então estamos evoluindo, crescendo, nos aprimorando… para um dia, estamos prontos para ver e ouvir, o que essa força tem a dizer e mostrar.
Mas não estamos prontos, então nasce assim as culturas, dentro das tradições, e com elas as peculiaridades de cada povo… e o “ser superior” usa essa ferramenta, essa linguagem, para falar conosco.

O Espirito, usa a religião, as crenças, as culturas, filosofias, para nós ensinar, para que dando um passo a frente, sempre um de cada vez, possamos chegar lá – onde possamos compreende-lo. (e cada vida em que vivemos, é um passo que damos…).

Antes de tudo o que vemos e sentimos existir, tudo isso, todo o universo… era apenas uma única coisa. Essa unidade de todas as coisas que existe, as vezes chamo de “Ser superior”, mas a partir de agora chamarei de “Espirito” ou melhor “Loa”, como falei algumas outras vezes, a palavra Loa, vem da língua fon, significa “Espirito”…

O Deus único, o ser supremo, senhor e criador de todas as coisas nesse mundo, ao final de sua obra, foi embora, partiu, foi para um lugar muito distante. Todas as vezes que ele se afastava mais de sua criação, ele irradiava força magia-espiritual, e de cada uma de suas irradiações, nasceu um Loa… Damballan Wedo, Aida Wedo, Papa Legba, Erzulie Freda, Agwe, Ogoun, Grand Bois… e essas forças passaram a viver nos planetas que existem no nosso céu: Jupiter, saturno, marte, vênus, mercúrio… os loas são os representantes de Deus. Eles atendem os anseios dos homens, e por mais que nossos desejos sejam complexos para nós, ao nível espiritual e evolutivo do divino, nossos desejos são muito simples (seria mais ou menos como uma criança pequena, pedindo doces para um pai rico… ele pode te dar, mas pode te negar também, afinal, um pai rico, sabe muito bem o que seu filho pode comer ou não, já que algumas coisas causam mal)…

Nesse sentido, chamamos os Loas (erroneamente) de pais, por eles serem guias, conselheiros, parceiros nossos de caminha!
Mas para que eles nos reconheça como filhos, já dizemos que eles são pais… devemos honrar e respeitar nossos pais físicos, trata-los bem, ser gentis, honestos, verdadeiros… não podemos mentir, enganar, fingir… porque se você trata bem os vivos, os mortos te veem como um ser honrado.

O Vodu ou o culto ao Loa, é uma religião de culto aos antepassados, então honrar os vivos como se honra os mortos é muito importante, da mesma forma que tratamos os que não falam, devemos tratar os que falam – se tratamos mal os vivos, ofendemos gravemente os mortos… essas são pequenas coisas sobre a unidade de todas as coisas, sobre espiritualidade e culturalidade.

Texto: Kefron Primeiro. 

Fiz uma “live” recentemente sobre isso no facebook, você pode assistir, e não deixe de curtir com coração – aqui:

Quarta Conjure – espiritualidade, culturalidade, a unidade de todas as coisas…

Posted by Kefron Primeiro on Wednesday, August 16, 2017

Compartilhe essa publicação com seus amigos...

Comentarios

Comente...

Veja também

A Bruxa, a vassoura e o caldeirãoAlguns detalhes para você pensar

É uma coisa meio clichê isso de falar da bruxa, da vassoura e do caldeirão… …

Deixe uma resposta

Compartilhe!!!
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.