quarta-feira , 23 agosto 2017
Home / Coisas do Mundo /

Encantamento de Amor

Encantamento de Amor

Desde sempre nós Bruxos e Bruxas fazemos Encantamentos de Amor, faz parte do folclore imaginário popular, afinal sempre foram as bruxas que estiveram por trás das tramas e em muitos casos foram elas que fizeram o amor acontecer.
Mas me veio um pensamento esses dias ‘o amor não tem a ver com conforto’ porque o amor é uma presa, e dele somos caçadores – no amor verdadeiro e no imaginário popular, amor tem a ver com final feliz, mas isso vai contra a ideia da caçada, se você notar na história – ou como conta as historias e estórias – o amor no fim das contas nunca fala de final feliz se a caça acaba, a exemplo disso temos Romeu e Julieta, temos também Tristão e Isolda… personagens que falaram de amor, paixão com fogo que arrebata e no final não é feliz, mas como disse o pensador “Que seja eterno em quanto dure” (Vinicius de Moraes), ou como disse Elizabeth Gilbert em Comer Rezar Amar “Nada é para sempre”, falando de Elizabeth Gilbert, ela é o maior exemplo de que o amor é uma eterna caçada, e que o final nem sempre é feliz, veja, em 2006, ela laçou o livro que citei a cima, onde ela conta sobre seu casamento frustrado, sobre como amou aquele homem e um dia o amor chegou ao fim, ela disse que se apaixonou por outro homem, um artista, e ai terminou também, e depois se apaixonou de novo por um brasileiro que no livro, ela chamou de Felipe, e eles foram felizes, alegres, comprometidos, para nossa surpresa, o amor deles também terminou depois de 12 anos, e quando ela pensava que não seria mais feliz, lá estava ela apaixonada novamente, mas dessa vez por uma mulher, sim, ela esta em um novo relacionamento, mas como citei la no começo do texto, o amor não promete conforto e nem muito menos felicidade, ele é uma caçada, não esqueça… um dia, Liz recebeu uma noticia, a sua nova namorada, ou o seu novo amor, estava com um câncer no pâncreas, e que não tinha cura, ou seja, ela tem poucos dias de vida… mas ai voltamos ao que Vinicius disse, “que seja eterno em quanto dure…”.

O Amor é isso, um momento em que paramos para brindar o outro… um momento para fazemos uma pausa nas loucuras da vida e nos focarmos apenas no que nos interessa, e talvez um dia quando acabar tudo, começaremos um outro ciclo, com outro alguém, com um outro amor…

Quando falo de Encantamentos de Amor, falo de facilidade, facilitar a caça, enternecer a busca… afinal, passar muito tempo atrás de alguém, é um processo cansativo… muitas pessoas dizem que é errado fazer encantamentos para o amor, Edain McCoy, no livro Encantamento de Amor, fala que “Todos nós temos que fazer nossas próprias escolhas quanto ao que é certo ou errado, pois apenas nós sofreremos as consequências no final. Ocultar algo só porque isso poderia ser mal usado é uma ideia assustadora, empregada como desculpa para a censura por todas as ditaduras repressoras que já existiram na historia da humanidade.” – nesse ponto, penso que ao se tratar de nossa felicidade, não deveríamos escutar os conselhos alheios de “faça” ou “não faça”, nesse ponto, acredito que devemos fazer o que nosso coração manda sem interferências de terceiros – afinal, o que os terceiros sabem sobre o que se passa dentro de nós – não é mesmo?! – ate a pessoa ir atrás de uma outra que faça um encantamento de amor, ninguém sabe o que ela passou, o que ela sofreu, ou o que ela chorou.

A bruxa sempre foi responsável pelas poções de amor, pelos unguentos que faziam os amantes se apaixonarem e também eram elas a quem se creditava os Filtros de Amor que faziam os amantes se encontrarem na calada da noite para se amar.

No fim das contas, é certo se entregar ao conforto de estar com alguém, e se permitir amar esse alguém, mas sempre com a ideia na cabeça de que um dia pode chegar ao fim.

Amor é uma coisa, amizade com sexo é outra coisa… tem casais que passam a vida toda juntos, e se amam – de uma forma diferente, e esse amor diferente é visto inclusive no sexo proposto; no inicio tem aquele fogo, aquela pegada… depois é algo a mais par passar o tempo…

Talvez o amor não seja para eternizar, mas para reavivar as pessoas… veja, existem muitas formas de manifestação amorosa, e aqui falo de um tipo único e exclusivo, o amor romântico.

Um encantamento de amor, é algo que enlaça duas pessoas, torna-as interessantes… mas ate um encantamento chega ao fim – para uns mais rápido, para outros demora mais… no fim, o amor romântico sempre é sofrido, transformador, e apaixonante…

No filme da Magia a Sedução, Sally Owens diz “Apaixone-se sempre que puder”, então aqui, te deixo um encantamento de amor, em vista que você poderia um dia, escolher alguém para amar…

Encantamento de Amor

Em uma sexta-feira, quando a lua estiver cheia, e o sol se por…

Queime algumas flores de lavanda, em um carvão em brasa… escreva o nome do seu pretendido ou de sua pretendida em um papel, e em cima do nome da pessoa, escreva o seu… salpique algumas pitadas de açafrão em cima do papel, e dobre-o em sua direção… queime o papel no carvão, onde foi queimado a lavanda previamente e diga o encantamento de amor três vezes.

“Fumaça é como um olhar, que para onde se mira se vê,
assim sou eu para você, que para onde você olhar, apenas meu rosto, irá ver.
Duas ervas, lavanda e açafrão, uma para mim e uma para você, eu sou o amor, você a paixão… te entrego aqui todo esse prazer e você me entrega, o seu coração…”

Por: Kefron Primeiro

Nota: Se você quiser encomendar um Feitiço de Amor, fala comigo, o WhatsApp da loja é 69 984991020 – adoro historias de amor.
Nota 2: Eu tenho alguns exemplares do Livro Encantamento de Amor, da Edain McCoy, se você quiser um posso te enviar, basta falar comigo pelo WhatsApp da loja, que esta na nota 1 aqui em cima.

Compartilhe essa publicação com seus amigos...

Comentarios

Comente...

Veja também

Quais musicos fizeram parceria com o Diabo – o primeiro caso é clássico…

“Até hoje ninguém assumiu e existem apenas lendas urbanas. O caso mais emblemático é o …

Deixe uma resposta

Compartilhe!!!
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.