segunda-feira , 24 abril 2017
Home / Vodu / Reis e Rainhas espirituais

Reis e Rainhas espirituais

Irei mudar sua visão sobre o que é isso…

Existe uma ordem espiritual no mundo, que não é tão explicita como supomos que seja, inclusive nos dias atuais, pouco entendemos dos processos espirituais aos quais nos mesmos estamos envolvidos. Nossos olhos para o mundo espiritual, cada dia que passa esta mais cerado – cada dia que passa, mais e mais nos afastamos do espiritual, cada dia que passa nos tornamos mais duros, mais insensíveis…

Há algum tempo atrás surgiu uma “oportunidade” para debater esse assunto, títulos de reis e rainhas, que nada mais é que um tema muito interessante de ser discutido. Irei falar sobre alguns casos que ocorreram comigo, até porque não posso usar outros como exemplo – embora queira – Mas, antes de entrar no assunto em si, vamos falar sobre o termo “Rei” ou “Rainha” – o que é isso…

Rei ou Rainha é um titulo oligárquico, a pessoa que detém o titulo de rei ou rainha é um chefe de estado, um representante. Oligarquia é um regime de poder, em que um grupo especifico de pessoas (ligadas umas as outras por conta de seus vínculos políticos, parentais ou mesmo pela classe em que estão…) oligarquia vem do grego, significa “Governo de poucos” ou seja, poucos podem ser “reis” ou “Rainhas”.

Na antiguidade acreditava-se que o papel do rei, ou o titulo de rei, era dado a uma pessoa como uma “missão do céu”, deus escolhia a pessoa, para que de alguma forma, guiasse aquele povo, a algo, a algum lugar ou objetivo… um rei tomava as decisões…

Os reis do passado, foram pessoas que acenderam do meio de outras pessoas comuns, ao ponto de chegar a ao topo social, por conta das responsabilidades que carregava.

Pequenos Reis e Rainhas

Anos atrás, tive a oportunidade de conversar com um Xamã americano, que veio ao Brasil participar de uma conferencia, no qual ele iria palestrar, falando sobre seu povo.
Na época contei a ele sobre o que fazia, sobre o trabalho que desenvolvia com ervas, sobre difundir uma cultura pouco compreendida (Hoodoo), em um país que não dava espaço ou abertura para coisas “Afro”, na época falei para ele que o Brasil, adorava tudo o que era “Europeu” – adorava a bruxaria europeia, adorava o paganismo europeu, adorava as magia europeia, então falei que aqui, estava eu envolvido em uma empreitada, ensinando magia afro-americana, para pessoas que só queriam aprender magia-europeia…
Então ele me disse todo empolgado “Ahhhh eu já ouvi falar de você, você é o Kefron? Né mesmo?!” Disse que sim, “Sou o Kefron”, ele então concluiu “Já ouvi sobre você (lá na América), sobre o que vem fazendo aqui no Brasil, as pessoas lá te respeitam, e aqui pelo visto, elas te levam muito a sério, deve ter sido difícil, né? será que você não é um Rei?” achei graça, e ele me explicou…

“Ser Xamã é andar entre esse mundo e o outro mundo, e quando você anda no outro mundo, todas as cidades, estados, países, possuem barreiras espirituais… por onde você anda possui grandes barreiras espirituais, esse mundo é apenas um reflexo de madeira e pedra do mundo espiritual. E todos os representantes desse mundo aqui, sejam líderes políticos, lideres religiosos, lideres de movimentos de resistência… são reflexo de um ser ou força que existe no mundo espiritual… mas para que o mundo desse lado esteja sempre em equilíbrio com o outro lado, algumas pessoas são escolhidas como pilares, transmissores da ordem, pessoas que trazem paz, harmonia, conhecimento do outro lado para esse, essas pessoas são figuras importantes para a existência do mundo espiritual, são pequenos reis e rainhas… e determinados grupos de pessoas estão sob sua regência.
Nesse mundo, o mundo real, eles podem ser qualquer pessoa, pode ser o homem que capina o quintal, pode ser a atendente da loja de perfumes, pode ser o telemarketing, pode ser um vendedor, pode ser um estudante… desse lado aqui, nesse plano dito real, ele ou ela pode ser qualquer pessoa, porque esse plano aqui não se importa com nada nem ninguém, o objetivo das pessoas aqui, é absorver experiências, mais essas pessoas são importantes porque elas mantém essas barreiras levantadas, elas são fontes espirituais de poder, e geralmente a vida é muito generosa com elas… muitos desses reis e rainhas, não sabem de sua condição “real” e isso é uma medida de segurança para eles mesmo, importante para eles mesmos, alguns sabem, outros não… e é importante que muitos não saibam… em todas as cidades, por menor que seja a cidade, existe um rei ou uma rainha, que mantém a ordem espiritual, que trás a harmonia para o lugar – e quando não tem uma rainha ou um rei no lugar, a cidade morre, e renasce em outro lugar, você já ouviu falar do Egito, né? Cleopatra foi a ultima rainha física e espiritual do Egito, em Machu Picho também existiu um rei espiritual, assim como na cidade de Detroit, no estado de Michigan, lá nos Estados Unidos, que só nasce Reis e Rainhas doentes, o que de alguma forma fez a cidade adoecer e nunca mais se levantou – então acho que você deve ser um rei” essa conversa era muito bom, pois possuía um argumento embasado em algo que pode não ser provado com provas palpáveis, mas pode ser sentido… aqui não irei negar ou afirmar a existência de pequenos reis ou rainhas locais, mas quem fez o Curso de Hoodoo comigo, disponibilizei um ritual muito importante sobre “a Dominação de uma Cidade” para que os Conjures ou Rootworkers experientes ou ate mesmo uma bruxa, possa se tornar a pessoa “Oficial” de um local, e aproveitar alguns benefícios…

Rei e Rainhas do Voodoo

É muito diferente o aspecto de um Rei ou Rainha Voodoo, de um Rei ou Rainha apresentando pelas historias Europeias… os reis e rainhas voodoo, são homens e mulheres que caminham na noite, caminham nos sonhos, eles são as arvores, eles são rios, eles são as grandes cidades, eles são os grandes estados, eles são todas as pessoas e eles são também, apenas eles mesmos… muitos deles se adornam da natureza, vestem colar de ossos, roupas de peles de animais, e muitos deles, nada disso… muitos são tão comuns que nem sequer são diferenciados do corriqueiro, do comum, do normal… um rei ou uma rainha voodoo, não seria identificado em uma fila do banco pelas peças que veste, poderia ser pela energia que emana…

Rei Gezo – de Dahomey

A algum tempo atrás, aqui no Brasil, uma mulher que pratica o paganismo e que é muito conhecida nesses meios pagãos, se referiu a mim dizendo assim “quem ele pensa que é, para reclamar um titulo oligárquico” – na época que eu ate pensei em responder assim “não, pra nós que somos de verdade, essas coisas também se apresentam de verdade, o que fazemos não tem a ver com ego, como o que vocês fazem, o que fazemos tem a ver com necessidade… não fazemos porque queremos, fazemos porque fomos escolhidos, porque nos foi dado uma missão, mas como explicar isso para uma pessoa comum?! Que aprendeu tudo com livros ou comprou o que sabe?!” mas para que discutir, né mesmo? Afinal, ela não é uma pessoa como nos, não é uma pessoa que caminha conosco, logo não precisamos tratar como parte da “família”, tratamos como tratamos as pessoas comuns… igual atrai igual, e se ela não é igual a gente, é porque não esta entre nós.

Marie Laveau

Em nossa linhagem espiritual tivemos muitos reis e rainhas, e atualmente ainda existem muitos, a exemplo disso temos os mais famosos, como por exemplo, o Dr. Jhon, conhecido também como Jean Montaigne, que por volta de 1826, ensinou poções, gris gris, mojos, e outras artes de magia a Marie Laveau, essa por sua vez, se tornou uma das maiores Rainhas do Voodoo na história – Marie Laveau, construiu uma rede de informação dentro de Nova Orleans, onde tudo girava em torno de boatos, medo e fofoca… ou seja, ela descobria as coisas das pessoas e depois usava contra elas mesmas, Marie se tornou uma das pessoas mais inteligentes, bem informadas e temidas de Nova Orleans, tanto por seu “Poder” de saber, quanto por seus “Poderes” espirituais… – mas ela só se tornou o que era, pela necessidade.

Mas o que é uma Rainha do Voodoo

Omi

Conversando com uma amiga e parceira, uma mama voodoo, que reside nos Estado Unidos, chamada Omi Kongo (também conhecida como Black Madonna Juju), perguntei dela – afinal, nada melhor que ela para explicar o que é uma Rainha do Voodoo… o que é uma rainha do Voodoo… ela me disse que “uma rainha voodoo é uma pessoa unida ao espirito, tanto é que não há o que ser dito sobre ela, mas as pessoas sabem e sentem que ela é ela, o povo sabe que ela é aquilo. As pessoas sabem pelo olhar que ela carrega, pela energia que ressona dela.

Uma rainha do voodoo nasce com o fogo nas mãos e com uma mente forte. Não existe um treinamento para ser Rainha do Voodoo.
Voodoo é uma palavra FON que significa “Espirito” – é claro que todos nascem com o espirito em torno deles, mas uma “Rainha Voodoo” é uma noiva para o espirito.
Uma rainha voodoo faz para e pelos espíritos, assim como os espíritos fazem para e por ela… então por essa natureza amistosa e reciproca que há entre as partes, ela é capaz de envia-los em uma missão, ou em missões que podem mudar circunstancias – circunstancias aos quais envolverão os clientes, os amigos, os familiares e os inimigos…”

Por fim, não há mais o que dizer sobre um Rei ou Rainha do Voodoo, ou um Rei ou Rainha que utiliza o Hoodoo, nesse texto, a não ser que são pessoas que receberam um “dom” ou “Poder” a mais, são “queridos” e “queridas” pelos Loas, santos, espíritos, órixas… são pessoas de força espiritual, são pessoas que tem garra, são pessoas determinadas, pessoas capazes de mudar situações, locais… pessoas que fazem e outros veem os efeitos…

Ser Rei ou Rainha, não tem a ver com o ouro, morar em castelo, ou casar com príncipes e princesas…
Ser rei ou rainha – em um mundo espiritual – é um assunto que trata de uma outra espécie de gente, pouco conhecida… bem pouco mesmo.

Depois de ler tudo o que foi dito aqui, você saberá provavelmente reconhecer um rei ou uma rainha – espiritual – e quando você souber, que seja algo para ti e que você nunca de isso a ninguém.

Sobre o restante você pode tomar suas próprias decisões e chegar a suas próprias conclusões.

Ficarei por aqui, espero ter esclarecido sobre esse assunto, e que possa Deus me dar oportunidade para falar sobre esse assunto novamente em uma outra oportunidade.

Kefron Primeiro.

Compartilhe essa publicação com seus amigos...

Veja também

A Guia Espiritual de Joan Rivers Combate o Crime com Vodu em Nova Orleans

Sallie Ann Glassman não é a última sacerdotisa vodu de Nova Orleans, mas com certeza …

Deixe uma resposta

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.