#160 – Você quer fazer Óleos do Hoodoo?

As vezes tenho que explicar um “óleo Hoodoo”, ou “o que é são os óleos do Hoodoo” –  já que você quer aprender a fazer, vou te explicar o que “o que é um óleo Hoodoo” da melhor forma agora…

Um óleo do Hoodoo é um óleo – que pode ser de qualquer base, dependendo da intenção… de modo que pode ser óleo de amêndoas, óleo de cocô, óleo de jojoba, óleo de semente de uva, óleo de girassol, óleo de milho… mais nunca, nunca mesmo, óleo de soja.
Você vai me perguntar “Kefron, por que não o óleo de soja?”, e por eu não ser como nenhuma das pessoas que tu conheceu até hoje (que pratica magia), que te diriam ou “não sei”, ou “ainda não é a hora de você saber”, irei te contar o porque; a soja é um tipo de grão, cereal, que não consegue carregar ou melhor, segurar energia… em nenhum tipo de cultura há relatos do uso do óleo de soja, ainda sim, ele é bem baratinho né? Poderíamos usar ele, por conta dos custos? Não… não porque isso, “essas coisas” serão para o teuuso, e você deve sempre aplicar o melhor a sua vida, é sobre você que estamos falando em primeiro lugar.

Em segundo lugar, nós “Conjuradores”, somos conhecidos por presarmos pela qualidade, e por fim, e o mais importante, somos conhecidos por mantermos a tradição e tradicionalmente soja não é usada… sei, te passei um monte de motivos, e nem era necessário, poderia ter dito “tradicionalmente não usamos”, mas quero que você aprenda de verdade, não apenas maquiado…

Dependendo da intenção do óleo, números de ervas são utilizados na composição…

se for óleos de cunho positivo, numero de ervas impares – nunca menos de três.

Se for óleos de cunho negativo, numero de ervas pares – nunca menos de quatro.

Sempre contamos os cúrios por categorias, se é um pó, se é uma pedra, se é matéria verde… então contamos separadamente… não existe números exatos para a quantidade de elementos, fora as matérias verdes, de acordo que isso respeite a regra de impar e par.

Por exemplo… se o óleo for de cunho positivo, eu posso usar um pó, ou três pós, ou cinco pós… mas sempre ele terá números impares a partir de três para cima quando se trata de matéria verde (folhas, folhes, raízes, madeiras…).

Quando for um óleo de cunho negativo, pode ser dois pós, quatro pós… mas o numero de ervas sempre deve começar com quatro, seis, oito…

É importante que você entenda essas pequenas regrinhas, elas são importantes e fazem toda a diferença…

O Hoodoo é um conjunto de técnicas de magia, quanto mais técnicas você souber, mais rápido ele irá funcionar.

Você deve saber para que serve cada óleo base, lembra que falei do óleo de amêndoas, do óleo de semente de uva, ou do azeite… você deve saber o porque de usarmos cada um deles, quando você decidir fazer o seu óleo.

Você deve conhecer as propriedades das ervas, dos pós, das madeiras, e de todos os cúrios que você irá utilizar.

Você deve saber fazer combinações, por exemplo: não adianta usar três tipos de ervas para o amor, se você quer fazer um óleo de sedução. Você deve usar uma erva para o amor, uma erva para dominação e uma erva para sedução. Agora se o óleo for só para o amor, você deve usar todas as ervas de amor.

Se você quer fazer um óleo de sucesso, você deve usar uma erva que promova brilho, uma que abra caminhos, uma que atraia sorte…

Entende porque não é qualquer pessoa que pode fazer um óleo do Hoodoo, apenas praticantes de Hoodoo são capazes de fabricar óleos do hoodoo, e levasse anos para aprender todos os detalhes.

Não chamamos nossas receitas de “receitas”, chamamos nossas receitas de “formulas”, porque é um método apropriado de fazer, é uma formula porque não é exposto, é uma formula porque é um segredo a forma que fazemos.

Ainda sim, uma boa receita na mão de uma pessoa que não é um “conjure” é só mais uma receita… novamente vou repetir “só um praticante de hoodoo é capaz de fazer hoodoo”.

E para ser um praticante de Hoodoo, é necessário dedicação, estudo, pesquisa, pratica… você deve desejar se tornar o melhor ou a melhor “conjure” do seu tempo.

Quando você escolhe o óleo que você vai fazer, começa um processo que chamo de “Sacrifício”.

Na alquimia (a arte da transformação), tem uma regra de ouro e bem básica, ela diz que tudo que você deseja, deve ser pago em um valor equivalente ao que você vai obter.

Interpreto em Hoodoo da seguinte forma:

Você deve ir atrás das ervas certas, e as vezes isso pode demorar o tempo que for… as vezes você tem uma formula boa, mas ela é composta de ervas que você nunca viu, ou não sabe como irá conseguir, então o que você pensa em primeiro momento? – vou fazer uma substituição de ervas, já que não tenho a erva X irei usar a erva Y que é parecida e as propriedades são iguais, certo? – ERRADO, em HOODOO NÃO SE FAZ SUBSTITUIÇÃO DE ERVAS, se você recebeu uma formula, faça a formula do jeito que você recebeu, e as vezes demora muito para você conseguir todas aquelas ervas, mas um dia você consegue – e isso, esse tempo de esperar, é o sacrifício.

Mas aqui você tem uma alternativa, estuda, estuda muito, se dedique, aprenda, aprenda, então faça a sua formula, do jeito que você quiser… será sua formula, então você decide que ervas irá usar.

Mas aqui tem uma pegadinha, você não pode fazer sua formula própria de um óleo clássico e antigo, você deve nomear o seu óleo com um nome próprio – porque ele precisa saber quem ele é. – assim como você tem um nome, e assim que sabemos que sou o Kefron.

O SEU óleo não é apenas um óleo, ele é um “feitiço liquido engarrafado”, composto com um bom óleo base, e com uma boa seleção de ervas e outros cúrios…

Engarrafe seu óleo, e deixe que ele descanse, durma, profundamente… você já notou que na natureza tudo tem um período de gestação, tudo tem um tempo na natureza, as sementes, as mulheres gestantes, os animais gestantes, da mesma forma é um óleo, ele irá passar pelo período de gestação, onde todas as formas conjuradas, irão se manifestar…

Você pode guardar esse óleo envolto em um tecido, no fundo de uma gaveta que não deverá ser aberta por um ciclo completo da lua – 28 dias – ou enterrado em um buraco no chão… a escuridão é a primeira mãe de todos os seres vivos.

Se você optar por enterrar, você ainda terá no seu óleo a força da terra, influenciada pela força da lua, do sol e de todos os planetas – será um óleo poderoso.

Antes de misturar tudo e engarrafar, você deve também conjurar o seu óleo… conjure o óleo base, conjure as ervas e todos os cúrios que você irá utilizar para fazer o seu óleo.

Conjure também o tecido que ele for envolvido, ou a gaveta no qual ele será guardado ou o buraco onde ele for enterrado “Que daqui possa nascer algo que seja tão poderoso, capaz de mudar mundos” (essa fala é interessante porque todo ser humano é um mundo).

Ao final… de todos esses processos, você terá um óleo do hoodoo, chamamos ele também de óleo de condição, ou óleo conjure…

Sei que a primeira vista, pode parecer ser fácil fazer um óleo, afinal, é só pegar um óleo e jogar algumas ervas dentro… mais isso não seria um óleo do Hoodoo, seria um óleo de qualquer coisa, menos um dos nossos óleos…

Eu preciso te falar todas essas coisas, para que você entenda e compreenda, que isso, fazer essas “coisas”, é tão serio quanto fazer um curso de uma faculdade e se tornar um bom profissional.

Você só será um bom ou uma boa profissional Conjure, se você levar tudo isso muito a serio, a partir de agora!

Que em sua jornada você aprenda muitas formulas, crie muitas formulas, teste muitas formulas (suas e de outras pessoas), e que todas elas possam te modificar e causar mudanças no seu mundo de forma esplendida.

Com carinho,

Kefron Primeiro.

 

Notas:

– Gostaria que você conhecesse minha coleção de óleos de condição, ela esta disponível no site da Casa de Hoodoo, aqui: www.casadehoodoo.com

– Quero aproveitar o momento também para te indicar dois livros, o primeiro é o “Manual de Hoodoo”, ele te servirá como uma bíblia, quando você tiver um, você saberá porque!

O segundo é o livro “Ervas Magicas – A Botânica Oculta do Hoodoo”.

– Faça um “curso especial de hoodoo”, para aprender o Grosso, para que com o tempo, você aprenda o fino… Curso Especial Hoodoo / Hotmart

 

Kefron Primeiro

Bruxo Tradicional, vive bem próximo a Floresta Amazônica. Praticante de Hoodoo, empenhado em entender o Vodu; ensina Conjure e Rootwork para praticantes Brasileiros.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.